Gestante ao volante!

gestante ao volante

Por Carolina Leal

A gravidez é um período da vida da mulher onde ocorrem muitas dúvidas em relação ao que é permitido ou não fazer de forma rotineira. Com o passar do tempo, algumas atividades em razão do crescimento da barriga e alguns desconfortos em vez de serem positivas, tornam-se um pouco complicadas. Uma delas é o fato da gestante dirigir.

Ela pode? Até quando é permitido que ela dirija?

Não há nenhuma contraindicação para que a gestante saudável dirija. Segundo o Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) não há momento ou tempo certo para que as gestantes não possam dirigir. Não existe nenhuma lei que proíba a gestante de dirigir.

Cabe à futura mamãe decidir o que é melhor para ela e também seguir algumas orientações médicas, principalmente ao final da gestação. O importante é dirigir com segurança. Deve-se usar de cinto de segurança de três pontos bem ajustado. Ele deve passar pela clavícula, de modo que fique cruzado em cima do peito, e a parte do cinto que sustenta o abdômen deve estar apoiada firmemente sobre os ossos da bacia. Se o carro possuir “airbag”, deixe o assento o mais afastado possível do volante e se o mesmo for móvel deve-se alinhá-lo com o peito e não com o abdome para proteger a barriga em caso de colisão. Em viagens longas deve-se aumentar o número de paradas para melhorar o fluxo de sangue nos membros inferiores. É interessante dirigir por poucas distâncias, pois na posição sentada ao dirigir, o inchaço e algum desconforto podem aumentar. Outra orientação é verificar a distância correta e confortável entre o banco e os pedais.

Entretanto, dirigir pode trazer alguns perigos se a gestante estiver com algum sintoma que diminua seus reflexos ou sua atenção, como náuseas, vômitos e dores abdominais. Isso pode acontecer no primeiro trimestre e também na fase final da gestação, pois o peso da barriga, o tamanho, somados ao cansaço, podem influenciar nos reflexos, podendo ocasionar alguma ocorrência que pode prejudicar mamãe e bebê. Aconselha-se também que a gestante se afaste do volante após o oitavo mês, pois caso ocorra algum acidente, há chances reais de descolamento de placenta devido ao trauma direto do abdome.

Foto: shespeaks.com

 

 

 

You must be logged in to post a comment Login